A saúde masculina em foco: suplementação correta ajuda a enfrentar o cansaço e aumentar a performance

Se gostou compartilhe!

Homens com excesso de peso e obesidade estão mais suscetíveis a doenças como hipertensão, diabetes e até câncer

 

*Por Amanda Guimarães

 

Homens com excesso de peso e obesidade estão mais suscetíveis ao câncer. Conforme estudos do Instituto Nacional do Câncer – INCA, corroborada pela Agência Internacional para Pesquisa em Câncer, da OMS, o excesso de gordura corporal representa risco para o desenvolvimento de pelo menos onze tipos de câncer no homem, como esôfago (adenocarcinoma), estômago (cárdia), pâncreas, vesícula biliar, fígado, intestino (cólon e reto), rins,  meningioma, tireoide, próstata e mieloma múltiplo (veja em: https://www.inca.gov.br/causas-e-prevencao/prevencao-e-fatores-de-risco/peso-corporal).

Uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), em parceria com a Bayer, concluiu que 49% dos homens nunca realizaram o exame de toque retal, importante para a detecção do câncer de próstata. Mesmo que este, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), seja o tipo mais comum de câncer entre a população masculina do Brasil, representando 29% dos diagnósticos da doença no país.

O excesso de gordura corporal provoca um estado de inflamação crônica e aumentos nos níveis de determinados hormônios, que promovem o crescimento de células cancerígenas, aumentando as chances de desenvolvimento da doença, segundo os pesquisadores.

O sobrepeso e o sedentarismo também colaboram para uma série de outras enfermidades, como hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, cálculo na vesícula, artrite, cansaço, refluxo esofágico, tumores de intestino e de vesícula.

Ainda assim, muitos hábitos precisam ser modificados e ter uma alimentação saudável e uma rotina de exercícios faz toda a diferença na vida dos homens. Eles, aparentemente, estão entendendo isso aos poucos e estão se dedicando mais à academia e buscando meios de ter essa vida mais saudável. Eu costumo dizer que o conceito de idade pode ficar muito relativo quando tudo isso é feito da maneira correta, com acompanhamento de um profissional, uma boa alimentação e suplementação.

A suplementação pode ser considerada a “cereja do bolo” para aqueles que buscam uma vida mais saudável e querem atingir uma determinada forma física. Se os suplementos já foram vistos com maus olhos e taxados como “bombas”, isso vem sendo desmistificado, porque, comprovadamente, os profissionais têm mostrado o quanto eles fazem bem.

Para os homens que buscam ter mais empenho nos treinos, por exemplo, eu indico o Go Power, que contém cafeína em sua composição e tem a capacidade de deixar o dia mais produtivo, diminuindo a fadiga e o cansaço, além de dar aquela força para as atividades físicas.

Outra indicação são o PHT900 ou ICONIC TPC, que atuam como pró-hormonal, contendo substâncias naturais que agem diretamente no fornecimento de vitaminas e minerais para que o corpo continue mantendo os níveis hormonais em total equilíbrio, trazendo mais performance de treino, aumento de libido e melhora do sono.

Também podem fazer a diferença outros suplementos como a Arginina, que tem como uma de suas funções proporcionar a vasodilatação, fornecendo mais oxigênio para tecidos; e o Ômega 3, que atua na concentração e redução de inflamações que ocorrem com o decorrer da vida.

O uso contínuo de alguns suplementos pode proporcionar uma vida mais longa e repleta de energia. Isso porque ficar mais velho não precisa ser uma sentença de doença ao homem, uma vida sem energia, com o corpo mais cansado. Tudo isso apenas acontecerá se realmente não houver um cuidado preventivo.

E é nesse cuidado, que vai desde a alimentação até os exames e consultas em médicos, que a suplementação entra e pode fazer toda a diferença, sendo uma grande aliada dos homens de todas as idades.

 

JÁ SEGUE O SEGURA NO INSTAGRAM?

Deixe uma resposta