Fita de LED: como abusar na decoração

Se gostou compartilhe!

Além de prático, esse tipo de iluminação também traz efeitos diferentes para cada ambiente, mas vale seguir alguns cuidados para a compra

Ficar em casa no isolamento tem feito com que as pessoas se arrisquem mais na decoração e isso inclui a busca por diferentes tipos de iluminação. As fitas de LED despontam como tendência pela alta durabilidade, praticidade e economia. Mas entre tantos benefícios, também é preciso seguir alguns cuidados na hora da compra.

Pela versatilidade, esse tipo de iluminação pode ser usado em vários cômodos da casa e se adapta em estilos diferentes de decoração. Alguns modelos de fitas de LED possuem o recurso de controle remoto, permitindo que a intensidade seja controlada pelo consumidor, que ainda pode criar efeitos como troca de cores, esse acaba fazendo a cabeça da garotada, como a da Julia, minha sobrinha de 11 anos.  Ela já se considera pré adolescente e pediu para minha irmã mudar a decoração do quarto dela, tirar as bonecas e colocar luzes, papel de parede, e até um lustre diferente combinando com o novo estilo do quarto.

A Julia vai ganhar um irmãozinho, o Lucca, que também terá luzes de led na decoração do quarto dele! Essa família, a minha no caso, gosta mesmo de luzes, na verdade somos antenadas em decoração. Para alcançar o efeito abajur, meia luz, foi usado uma fita de led, com lampada quente (amarela), contornando a parede que o berço ficará encostado.

Na sala, por exemplo, a fita pode destacar detalhes no ambiente. Já no quarto, escondê-la atrás da cabeceira da cama ou deixa-la aparente em volta dos móveis são opções. Atrás do espelho do banheiro traz a sensação de profundidade. Na cozinha, as fitas de LED podem ser usadas junto aos armários, especialmente se a intenção for realçar a bancada da pia.

Tipos de fitas de LED

Existem diferentes modelos de fitas de LED e algumas características devem ser levadas em consideração antes da compra:

  • Voltagem: 220V, 110V, 12V, 24V e bivolt.
  • Comprimento: de 1 a 5 metros.
  • Quantidade de LED´s: existem fitas com 30 a 60 luzes.
  • Cores: as luzes variam entre temperaturas diferentes de branco (quente e frio), RGB (Red; Green; Blue) e podem apresentar tonalidades diversas.

Em nota técnica a Expolux, industria de iluminação, afirma que é preciso pensar na manutenção do produto. Dependendo de onde forem usadas, as fitas vêm acompanhadas de uma camada protetora feita de silicone para que não entrem em contato direto com água.

Além disso, as fitas precisam de um drive, que são as fontes de alimentação eletrônica, e é necessário que o profissional que realiza a venda informe qual é compatível com a fita escolhida. Caso contrário, podem ocorrer problemas ou a fita sequer funcionar.

 

JÁ SEGUE O SEGURA NO INSTAGRAM?

Deixe uma resposta